NOTÍCIAS

Confira as principais matérias do setor e fique por dentro!

Plataforma virtual capacita profissionais de saúde que operam respiradores mecânicos

Plataforma virtual capacita profissionais de saúde que operam respiradores mecânicos

Projeto está no ar e reúne cursos gratuitos e informações detalhadas; acesso deve ser feito pelo site http://brasilrespira.com.br

O mundo está passando por um momento de muitas incertezas geradas pela disseminação de uma doença desconhecida. A COVID-19 obrigou as pessoas a mudarem seus estilos de vida e está exigindo cada dia mais dos profissionais de saúde, que desempenham papel fundamental no combate a pandemia. Considerando que o conhecimento e a informação são fundamentais nesse momento, está no ar a plataforma Respir@, que oferece capacitação para profissionais que operam respiradores mecânicos.

Esta é uma iniciativa do Instituto de Tecnologia (FIT) em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), com o apoio da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde), e o objetivo é garantir, aos profissionais de saúde, instruções eficazes para que possam manejar de forma correta esses equipamentos que são extremamente utilizados em casos de infecção pelo novo coronavírus. Tudo isso sem a necessidade de encontros e cursos presenciais.

Disponível no http://brasilrespira.com.br e destinada a médicos, enfermeiros e fisioterapeutas, a plataforma reúne todos os materiais de instrução produzidos pelos principais fabricantes de ventiladores pulmonares do Brasil. Acessível tanto pelo computador quanto pelo smartphone, conta com diretrizes de marcas como Magnamed, Vyaire e KTK. Além disso, todas as empresas que produzem respiradores podem entrar em contato com a organização para disponibilizar seus conteúdos de educação.

Quem acessa a Plataforma Respir@ visualiza, de forma gratuita, cursos rápidos compostos por vídeos, e-books e webinares com especialistas. Basta fazer um agendamento prévio. Também está disponível no portal um espaço para que os profissionais de saúde possam sanar dúvidas sobre a forma de operação de cada equipamento e um sistema de Inteligência Artificial foi instalado para auxiliar esses trabalhadores por meio do WhatsApp.

Outras iniciativas

Profissionais de saúde também têm, à disposição, outros cursos gratuitos promovidos por instituições públicas e privadas para alavancar o conhecimento sobre a COVID-19. O Ministério da Saúde, por exemplo, oferece um curso com os principais protocolos clínicos e medidas adotadas para prevenção e redução do surto. Intitulado “Orientações gerais ao paciente com COVID-19 na Atenção Primária à Saúde”, o curso tem carga horária de 15 horas e está disponível para realização até 31 de dezembro. Clique AQUI para acessar.

A Fiocruz, com grande relevância no cenário da pandemia, também disponibilizou um curso livre, online, gratuito e dinâmico. Dividida em três módulos independentes, a graduação oferece certificação pela carga horária desprendida (os três módulos totalizam 30 horas). O primeiro módulo traz conceitos e informações básicas, o segundo aborda manejo clínico na atenção básica e o terceiro fala sobre o manejo clínico da COVID-19 na atenção hospitalar. O conteúdo está disponível AQUI e é preciso se inscrever.

Pensando no cenário internacional, a Organização Mundial da Saúde (OMS) também disponibiliza cursos dedicados à pandemia. Com uma hora de duração, o curso “Prevenção e Controle de Infecções causadas pelo novo coronavírus” pode ser acessado AQUI e a entidade também disponibiliza o curso “Doenças ocasionadas por vírus respiratórios emergentes, incluindo o COVID-19: métodos para detecção, prevenção, resposta e controle” que, com 4 horas de duração, pode ser visualizado AQUI.

Noticias Relacionadas