NOTÍCIAS

Confira as principais matérias do setor e fique por dentro!

EFE apresenta expansor de pele que reduz o número de cirurgias em pacientes queimados

EFE apresenta expansor de pele que reduz o número de cirurgias em pacientes queimados

Características do produto, bem como aumento do número de acidentes com queimaduras durante a pandemia, foram destaque em bate-papo conduzido pela diretora da MFB, Malu Sevieri

Em vídeo disponível no canal do Youtube® da Medical Fair Brasil (MFB), a diretora-geral do evento, Malu Sevieri realiza um bate-papo com a enfermeira e assessora técnica da EFE – Consultoria e Importação, Yramaia Fernandes, sobre um produto que está revolucionando a maneira como tratar pacientes que sofreram acidentes com queimaduras: o MEEK Micro Enxerto. A EFE é uma das empresas confirmadas na edição especial da MFB, dias 16 e 17 de setembro, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Segundo Malu, a conversa foi pensada para o mês de junho por ser um período no qual naturalmente aumentam o número de acidentes com queimaduras por conta das festas juninas. Este ano, mesmo que sem as tradicionais comemorações, ainda assim muitas pessoas têm dado entrada nos hospitais com queimaduras. Os tipos de acidentes variam, mas há um fator condicionante específico: a maior utilização de álcool por conta da pandemia do novo coronavírus.

“O aumento no número de queimaduras se deu devido as crianças estarem em casa, não estarem indo para a escola; a maioria dos acidentes acontece com forno, cabo de panela virado para fora do fogão, líquidos quentes, e também com o uso do álcool 70% e do álcool em gel. É sempre importante lembrar que a limpeza das mãos em casa deve ser feita com água e sabão, utilizando a técnica de lavagem que é muito fácil de encontrar em qualquer veículo de comunicação: sempre lavar as palmas, os dorsos, entre os dedos, não esquecer de lavar os polegares, interdígitos e meio das unhas, porque é isso que realmente garante a limpeza das mãos”, explicou Yramaia.

De acordo com a enfermeira, quando se está na cozinha, onde se terá contato com calor e chama, o uso do álcool não é indicado para higienização das mãos. O álcool em gel deve ser utilizado na bolsa quando se precisa sair de casa, pegar condução e quando se tem a certeza que não se terá no caminho local para lavar as mãos. O produto não evapora tão rápido quanto a versão líquida e deixa resíduos nas mãos, mais um motivo para quando chegar em casa utilizar água e sabão.

Mais que um produto, uma técnica única

Acidentes mais graves, com queimaduras de terceiro grau, ou com pacientes que queimaram bastante o corpo, geralmente necessitam de cirurgias de enxerto para o restabelecimento da área queimada. O MEEK, produto da EFE, é usado principalmente para pacientes que sofrem mais de 30% de queimaduras por área de superfície, no entanto, também é muito adequado para pacientes com queimaduras de 5% a 20%.

“O MEEK é um expansor de pele que expande na proporção um para três, isto significa que ao retirar pele de uma área para fazer um enxerto você consegue até três vezes a pele dessa área retirada. Como esse equipamento se cola um pedaço de pele em uma cortiça de 42 cm por 42 cm - a cortiça é somente um guia que vem estéril junto com a gaze; o MEEK fará micro cortes, transformando aquela pele em cortiça em 196 pequenas ilhas, que depois serão expandidas”, detalha Yramaia.

Com o equipamento os médicos conseguem realizar uma única cirurgia para colocação de enxerto no paciente queimado, reduzindo assim o número de procedimento necessários durante o tempo de internação.

Características do MEEK

  • Área doadora muito pequena é necessária;
  • Raios possíveis de expansão até 1:9;
  • Fragmentos muitos pequenos de pele podem ser usados sem perda de tecido;
  • Rápida e uniforme epitelização adequada para fechamento para as ilhas de enxerto;
  • Excelente tomada de enxerto devido a ilhas de enxerto corretamente orientadas;
  • A falha de algumas ilhas não afeta a captura geral do enxerto;
  • Resultados cosméticos comparáveis aos enxertos de malha de menor expansão;
  • Enxertos muito fáceis de manipular.

No bate-papo com Malu Sevieri, Yramaia fala também quais as recomendações em caso de queimaduras, os graus, os passos para cicatrização, além de outras especificidades da utilização do MEEK para cirurgias de enxerto. Assista as colocações dadas com exclusividade à Medical Fair Brasil AQUI.

Noticias Relacionadas